iPhone o que disseram sobre ele 6 anos atrás | Blog do Zipi



O iPhone, como sabem, foi lançado há 6 anos atrás, mais concretamente foi colocado à venda nos Estados Unidos em 29 de Junho de 2007.
Depois de ter sido apresentado em Janeiro desse ano, muitas “autoridades” ligadas ao mercado mobile, vieram a terreiro vaticinar cenários ao mais recente dispositivo móvel da Apple.



Em 2006 já corria muita tinta em rumores e especulações em volta do novo produto da Apple e muitas novidades eram avançadas e criticadas pelos responsáveis de outras marcas, também elas players no mercado mobile. Saiba o que disseram na altura sobre o iPhone.


Para que conheça o impacto que teve o iPhone no mercado mundial, nada como assistir ao seu anúncio oficial:


Mas o mercado dizia o seguinte:
Dia 16 de Novembro de 2006 por Ed Colligan, CEO da Palm

“We’ve learned and struggled for a few years here figuring out how to make a decent phone. PC guys are not going to just figure this out. They’re not going to just walk in.”
Aqui surgia uma declaração em formato desafio… a Apple, entre outras empresas (de computadores) aceitaram o desafio.
Dia 07 de Dezembro de 2006, por Michael Kanellos à CNET

“Apple is slated to come out with a new phone… And it will largely fail…. Sales for the phone will skyrocket initially. However, things will calm down, and the Apple phone will take its place on the shelves with the random video cameras, cell phones, wireless routers and other would-be hits… When the iPod emerged in late 2001, it solved some major problems with MP3 players. Unfortunately for Apple, problems like that don’t exist in the handset business. Cell phones aren’t clunky, inadequate devices. Instead, they are pretty good. Really good.”
Esta foi uma declaração muito intrigante, pois esbarrava com a realidade, principalmente em termos tecnológicos, onde as telas multi-toque estavam já a ser usados e isso seria, como muitas empresas na altura anteviram, a nova bolha no segmento dos celulares.
Dia 08 de Dezembro de 2006 por Rod Bare, analista da Morningstar

“The economics of something like [an Apple iPhone] aren’t that compelling.”
Na verdade, passados estes 5 anos, esta é a indústria que mais atrai os consumidores e todo uma mercado conexo que traz o segmento smartphone.
Dia 15 de Janeiro de 2007 por Matthew Lynn ao Bloomberg

“The iPhone is nothing more than a luxury bauble that will appeal to a few gadget freaks. In terms of its impact on the industry, the iPhone is less relevant… Apple is unlikely to make much of an impact on this market… Apple will sell a few to its fans, but the iPhone won’t make a long-term mark on the industry.”
Esta declaração, principalmente a parte que aponta o iPhone como uma peça de luxo e que pouco impacto teria no mercado dos smartphones… foi brilhante. Principalmente porque em pouco tempo a Apple tornou-se um marco na industria.
Dia 17 de Janeiro de 2007 por Steve Ballmer, Microsoft CEO

“[Apple's iPhone] is the most expensive phone in the world and it doesn’t appeal to business customers because it doesn’t have a keyboard which makes it not a very good email machine… So, I, I kinda look at that and I say, well, I like our strategy. I like it a lot.”
O fato de não ter teclado… provavelmente foi uma das razões para que se desse tanta atenção a tela e às suas fabulosas funções de sensibilidade ao toque, inclusive o teclado, hoje amplamente inspirador a todos os restantes sistemas operativos móveis.
Dia 18 de Janeiro de 2007 por Richard Sprague, director sénior de Marketing da Microsoft

“I can’t believe the hype being given to iPhone… I just have to wonder who will want one of these things (other than the religious faithful)… So please mark this post and come back in two years to see the results of my prediction: I predict they will not sell anywhere near the 10M Jobs predicts for 2008.”
Em 2008 venderam-se mais de 13 milhões de iPhones. Em Março de 2012 o valor das vendas já ultrapassavam os 218 milhões de unidades.
Estas são algumas das citações compiladas pela MacDailyNews e escolhidas pela loopinsight como as mais interessantes.

Além destas, pessoalmente escolhi uma muito importante, porque quem dominava o mercado em 2007 era a RIM (Blackberry).
Dia 12 de Fevereiro de 2007 por Wojtek Dabrowski e Jim Balsillie, CEOs da RIM

“The recent launch of Apple’s iPhone does not pose a threat to Research In Motion Ltd.’s consumer-geared BlackBerry Pearl and simply marks the entry of yet another competitor into the smartphone market, RIM’s co-chief executive said in an interview,” Wojtek Dabrowski reports for Reuters. Dabrowski reports, “‘It’s kind of one more entrant into an already very busy space with lots of choice for consumers,’ Jim Balsillie said of Apple. ‘But in terms of a sort of a sea-change for BlackBerry, I would think that’s overstating it.’
A questão que todos os atuais lideres de empresas neste mercado colocam é: até quando poderá a Apple ser influenciadora de tendências no maior mercado da actualidade tecnológica?


José Carlos
Equipe Blog do Zipi

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Como cancelar caixa postal da Claro, Oi, TIM e Vivo | Blog do Zipi