O que custa menos, pré ou pós-pago? | Blog do Zipi





O que custa menos, pré ou pós-pago?
Uma análise sucinta do que está por trás dos contratos de telefonia móvel, e o seu custo para o usuário.




A maneira mais simples de responder a esta pergunta seria você comprar um celular desbloqueado e, depois, decidir qual plano e modalidade de pagamento combinam mais com seu perfil de consumo. Se você é daqueles que pouco utiliza o aparelho para fazer ligações e acredita que uma quota de 60 torpedos durante um mês é mais do que o suficiente, certamente você pagará menos se optar por um plano pré-pago.

A melhor maneira de avaliar o seu perfil é fazer uma simulação. Simule o número de ligações que acredita fazer num mês, some a isso o número de mensagens SMS e avalie quanto tempo você fica surfando na internet do seu celular. Com esta informação em mãos, torna-se simples entrar no site das operadoras e verificar quais os planos e vantagens oferecidas, e os planos já atrelados a aparelhos tais como: BlackBerry, HTC e outros.

Os usuários que optam por planos pós-pagos, no geral, recebem diversos benefícios como, por exemplo, ligações mais baratas, pacotes de minutos e até acesso ilimitado a alguns serviços específicos. Contudo, verifique se o benefício que você está recebendo será realmente útil para você com base no seu perfil simulado. Deixar-se levar por muitos “presentes” pode levá-lo a pagar por algo que pouco ou jamais usará.
Por exemplo, se você praticamente não envia mensagens SMS, de nada adianta contratar um plano que tem como diferencial o uso ilimitado delas. As mensagens vão acabar sobrando todos os meses e, no final das contas, você estará pagando mais caro por aquilo que você realmente necessita.

Outro benefício quase sempre presente, é o vínculo do plano escolhido com a troca do aparelho utilizado: o subsídio. Se você adquiriu um celular smartphone último modelo e não costuma trocar de celular como quem troca de roupas, o acúmulo de pontos para trocar por um novo smartphone acabará não sendo um bom investimento no longo prazo, uma vez que todos os meses você pagará parte do subsídio do aparelho que irá adquirir “com desconto” ou “gratuitamente” algum tempo depois.
Levando isso em conta, se você não pretende trocar seu smartphone antes de um ano de uso, seria bem mais interessante apostar em outros benefícios, como um plano de dados com mais capacidade ou uma quantidade maior de minutos para conversação e, com o dinheiro economizado, você poderá adquirir um novo smartphone quando julgar necessário, sem levar em conta que BlackBerry, HTC e Samsung sempre tem novidade a cada 6 ou 12 meses.

Uma das maiores vantagens de viver numa economia de mercado aberto é que o consumidor pode contar com diversas operadoras, e pode pesquisar livremente até encontrar pacotes de ofertas personalizadas capazes de atender, praticamente, todas as necessidades.
Ou seja, não há como afirmar que uma alternativa é melhor ou mais barata do que a outra sem levar em consideração o seu perfil. Uma vez tendo visitado os sites e selecionado os planos que mais se encaixam em seu perfil, visite pessoalmente as lojas – algumas promoções são melhor detalhadas pessoalmente.


Felipe Baudouin
Universidade: Westminster (Londres)
Colaborador Equipe Blog do Zipi

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Como cancelar caixa postal da Claro, Oi, TIM e Vivo | Blog do Zipi